Eu e o blog.

Livre, leve e solto...



quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Take me there...

O que tu tens a fazer quando dizes 'adeus' é não olhar para trás! A pergunta é se tu consegues...









“...Ninguém mais
      Ninguém mais tocou meu coração
      assim antes...

  ...Agora é o tempo em que eu preciso ir
     quando a brisa suavemente soprar...
     Poderias tu dar um sorriso para mim
     mais uma última vez?!

  ...A música flutua em todo lugar...
     A melodia está colorindo o ar...
     Tu não queres tocar em minha mão
     e me deixar livre?

  ...Tenha-me ali
     tenha-me ali...
     Onde quer que eu vá, tenha-me ali...
     Eu acredito! Tu sabes o caminho!...
     Esteja comigo ali!...

 ...Tenha-me ali
     tenha-me ali...
     Onde a música flutuar, tenha-me ali...
     Eu acredito! Tu sabes o meu caminho!...
     Esteja comigo ali!...”

                       Waves – Take me there - trechos


Com todo o meu amor a todos os que me leram tão carinhosamente, eu deixo esses trechos da mais linda de todas as músicas em todos os tempos. Abraçossssssssssss e beijossssssssssss


domingo, 18 de setembro de 2016

Janelas... (Homenagem)




















Neste próximo sábado estarão se casando dois de meus melhores amigos, Isabella e Marcelo. Como Marco está indo para a Itália por período indeterminado, talvez definitivo, fico só, e essa república de escritores amigos ficará na memória, e já parto para outra. Por mim, não é legal, não. Mas é legal por vocês, pela vida de vocês.
Marco, você é o pensador mais genial que eu conheci. Um dos maiores pensadores da História. Que você encontre seu consolo, seu conforto e sua felicidade. Torço muito por um happy end.
Marcelo e Isa, poesia pura, genialidade de um cara massa e graça de uma menina linda. Felicidades em João Pessoa para vocês.

Escolhi essa poesia entre as suas, para postar, meu amigo. Valeu!

      Janelas...

Não sabes com quanto mais força que a luz do sol
teu olhar entra em mim como os raios solares às janelas;
não sabes com quanto mais cores me inundas,
com quanto mais brilho que os móveis reluzentes
me fazes resplender, quando me toca o teu olhar...
Se te pareço construção de pedras lavradas, impenetrável,
seguro de mim, austero, sóbrio demais para a paixão,
não sabes com quanta ousadia teu perfume me inunda
ou quanto mais que os ares da manhã primaveril
a uma casa aberta, a essência da tua presença me toca.
Ah, não sabes que eu me impedi de amar o quanto pude!
Mas, quando chegaste, cada janela em mim se abriu,
e o som suave do balançar do arvoredo me inspirou
a te dizer: já que chegastes em minha vida... – fica!...


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Cálida.




















    Cálida.

Talvez a noite cálida
não saiba fazer poemas,
mas possa criar amores
sobre o perfume das flores
adormecidas...
Todas as canções de amor
serão válidas
se forem nascidas
em corações apaixonados!
Uma mulher cálida
sempre fará nascer poetas
nos seus conquistados!


sábado, 3 de setembro de 2016

Dó...














O tal sujeito chegou todo bonitão, todo dono de si, saracoteou, empinou o pescoço, falou com voz rouca, apavorou no charme... 
A menina disse: "Pode tirar o cavalo da chuva, meu bem"... 
Me deu dó...
Do cavalo!

sábado, 27 de agosto de 2016

A moça do trem.
















Esperei o tanto que eu podia 
para ver se a moça sorriria
na janela do trem a se afastar
para não sei onde, e nos separar...

Distraído, encantado, tropecei
pareceu-me que ela sorriu, não sei
eu era só um estranho que a viu,
e o mundo desabou e o chão sumiu...

Fiquei ajoelhado na estação
e, machucado apenas de decepção,
não me restava mais que levantar
e esperar meu próprio trem chegar...

Depois, por muitos dias, esperei
e, num belo dia, como imaginei
lá estava ela na janela novamente
e eu entrei no trem, corajosamente...

Pedi licença para sentar ao seu lado
e seu rosto se abriu, iluminado
à luz de um raio de sol mais preciso
e finalmente vi o seu sorriso!

Eu disse: "desculpe-me, eu queria
ter visto este sorriso um outro dia
e de tão atabalhoado não percebi
um tropeço no caminho, e caí".

E ela disse: "eu sei, eu me sentei
todos esses dias aqui, e esperei
para ver se novamente encontraria
o rapaz que me fez sorrir um dia

"eu estava tão desiludida e cansada
e de uma forma assim, inesperada
você fez tudo que era preciso
para me tirar o impossível sorriso"...

E foi assim que a viagem se fez
viagem de nossa primeira vez,
viagem que começou num desejo
e terminou docemente num beijo...


sábado, 13 de agosto de 2016

Vai entender.




















Aí um colega meu da faculdade disse: 'Vamos caçar o pokémon'?! Eu estava fazendo uma pesquisa de imagens de roupas coloridas para uma exposição e parei nesta. Falei: 'Caçar o quê'?! Ele: 'Pokémon'! Explodi: 'Sai, abestado'!
O mundo acabou e ninguém me avisou, foi?!

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Que zika, Hope!












Hope Solo, goleira da seleção americana de futebol, foi infeliz ao produzir uma foto em que aparecia coberta das telas de proteção contra mosquitos, características dos filmes de caçada no continente africano. Ela ainda mostrou, na imagem, repelentes contra mosquitos. E disse que agora podia vir ao Brasil, pois estava pronta contra o zika...
A torcida brasileira não perdoou! 
Toda vez que ela toca na bola, o povo vaia ou grita 'olha a zika'!
Bem, do zika do mosquito a Hope está se livrando razoavelmente bem. Mas não se livrou da zika do zumbido da torcida nos ouvidos, e, hoje, passou a correr um risco enorme com a gripe aviária. 
É que, no jogo contra a Colômbia, hoje, ela engoliu com penas e tudo dois enormes frangos!
Pelo sim, pelo não, melhor vacinar...

sábado, 9 de julho de 2016

Topo.













O topo do mundo ainda é mundo ou já é céu?!
É aí que o pensar em ti me leva! Ao topo do mundo, ao céu, ao ar rarefeito e ao espeço perfeito que foi feito para apenas dois...

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Cansado...












Talvez  eu tenha hoje ficado um pouco cansado de pensar num modo de te conquistar... Não percebi, não me dei conta e adormeci quando pensava nas flores que te daria...
Mas, amanhã é um novo dia!

domingo, 26 de junho de 2016

Tu és.
















Tu és bela como alguém a quem eu não posso descrever, eu não sei deixar de querer, eu não consigo sequer pensar em esquecer.

terça-feira, 7 de junho de 2016

'Pertencência'.



















Menina, a minha mente pertence ao pensamento de que tu és minha!
E esse pensamento é escravo do pensamento anterior de que eu sou teu!

domingo, 22 de maio de 2016

Palavra.












Eu conheço a palavra capaz de criar o brilho de um milhão de galáxias em meu peito: ... teu nome!



terça-feira, 17 de maio de 2016

Completamente limpo.












Pensa em um mundo limpo! Quero dizer, com ruas limpas, com ar limpo, com rios limpos e mar limpo. 

Pensa em um mundo com pensamentos limpos, com mãos limpas, com corações limpos, com consciência limpa.

Pensa em um mundo completamente limpo, onde viver fosse um cotidiano sem qualquer forma ou espécie de angústia ou dor.

Então, terás pensado no que eu penso todos os dias quando acordo, ainda que não tenha visto esse mundo ao findar do dia anterior...