Ganhei de todo mundo na geneiedade.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Doce












A mais doce das verdades é aquela de que dizemos a nós mesmos ser tão doce que não parece ser verdade.
Lcc

28 comentários:

  1. E faz sentido... é muito bom quando algo que nos faz bem cabe dentro de uma verdade em nossa vida, é algo perfeitamente palpável e realizável.
    Um abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, se algo que nos faz bem não coubesse ‘dentro da verdade’ (muito, muito bela a expressão!) algo dentro de nós questionaria, todo tempo, nossa aparente felicidade. O que é doce precisa ser palpável, ainda que, de tão doce, e de tanta felicidade, fiquemos ‘sem acreditar’ que tal doçura seja real. Abraçosssss

      Excluir
  2. Verdade Lucas! Passar por aqui é sempre agradável...ei eu não sei de onde veio o overture aqui do seu blog, mas tem uma banda que gosto que é Edguy e eles têm uma música com esse nome:
    Prelúdio
    Nenhum lugar para correr
    Nenhum lugar para ir
    Bem vindo à danação da vida
    Bem vindo à diversão
    Bem vindo à esperança
    Aqui está o seu convite

    Bem vindo ao portal
    Para o destino desconhecido
    Esperando por um dia melhor
    Bufões dançam ao redor
    Vagarosamente envelhecendo
    Festejando enquanto ficam

    Nenhum lugar para correr
    Nenhum lugar para ir
    Bem vindo à danação da vida
    Bem vindo à diversão
    Bem vindo à esperança
    Aqui está o seu convite

    Bjs e boa semana =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, deixas-me feliz!
      ‘Overture’ – Abertura, Prelúdio, significando também, metaforicamente, ‘Começo de tudo’, foi um nome que me ocorreu por brincadeira. O blogue – quem está desde o início sabe – era apenas de pequenas zoações das aventuras amorosas de um sortudo nos namoros simultâneos, péssimo escritor, cheio de erros gramaticais e frases sem pé nem cabeça. O blogue era o ‘Começo de tudo numa grande peça cômica’, cujo objetivo era apenas fazer o leitor rir e pensar: ‘esse cidadão é burro, doido e engraçado!’
      Algumas pessoas não entenderam, outras me espinafraram (rs). Então, eu resolvi inverter radicalmente os conceitos, a temática, a escrita, o tratamento. Então, ‘Overture’ passou a ser um rio que começa seu caminho lá no alto da montanha, e faz seu percurso, independente de quantos obstáculos surjam. A única coisa que ficou do blogue antigo foi o ‘beijossssssss’.
      A letra que colocaste tem muito a ver com o antigo ‘Overture’, é muito interessante. Sou-te muito grato pelo carinho. Boas semanas a ti. Beijosssssssss

      Excluir
  3. Lucas, chegando para conhecer
    e ja adorando tudo por aqui.
    Se gostar de
    Poesia eu o aguardo la no meu canto.
    Linda nova semana!
    Bjins
    CatiahoAlc./ReflexodAlma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo, teres gostado. Gosto de poesias, conquanto não consiga escreve-las e isso me frustre. Certamente, irei visita-la. Lindas novas semanas a ti. Bjinssssssss

      Excluir
  4. Verdades doces são afetuosas.
    No mundo em que a verdade parece desaparecer a cada segundo, feliz é aquele que vive de verdade.

    tenha uma linda tarde =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez eu devesse postar as ‘tuas’ palavras, tão belas foram, em lugar das minhas. Verdades doces nos tocam, e nos carregam de doçura e afeto. Vês como é gentil quem é feliz? Vês como tem atenção quem está amando? É vero, sol! Tens razão quanto ao mundo: o plantador de desamores e falsidades trabalha vinte e quatro horas. Feliz aquele coração que recebe semente de verdades doces todos os dias. Conheço uma moça que semeia verdades doces todos os dias. Tenhas lindas tardes. =)

      Excluir
  5. Boa noite, Lucas! Pois bem, se todos buscassem ser gentil ou seja passar docilidade, ' verdade doce'...rs. Adorei a palavra espinafrar...rs. Eu aprendo cada uma por aqui, tive q buscar no dicionario. Valeu! bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gentileza e a docilidade seriam mesmo um belo caminho para experimentarmos a verdade e a felicidade da vida. rs... Então, gostaste de ‘espinafrar’? Palavra esquisita, não é? ‘Parecer-se com um espinafre’. Foi isso que uma dona de blogue fez comigo. Ela proibiu meu acesso, porque eu entrava no blogue sério dela para fazer comentários sem pé nem cabeça... Ela me espinafrou e vetou meu acesso. Às vezes, sinto saudades daquela ‘versão’... rs Valeu. Bjussssssss

      Excluir
  6. Eu acredito que essas palavras doces e sinceras são aquelas ditas com o coração. Sem passar pelo filtro do que eu devo ou não falar. Saem livremente. Adorei a postagem. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, penso como tu. Embora tais palavras e tais pensamentos nos exponham um pouco, certamente encontraremos quem saiba entender essa sincera simplicidade. Grato a ti. Beijosssssss

      Excluir
  7. Bom dia Lucas.. elas nos vestem internamente.. sermos doces só fazem as portas da alma se abrirem para demais pessoas entrarem.. abraços amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero, amigo. Essa ‘vestimenta’ interna realmente nos prepara para receber as pessoas no coração. Quem dera, pudéssemos sempre nos vestir internamente de doçura e gentileza, para que as pessoas se sentissem em casa, acolhidas e amadas, estando conosco! Abraços.

      Excluir
  8. Pois é, Lucas.
    Tem verdades que são tão doces que a gente nem percebe que foram ditas, outras tantas doem e maltratam o nosso coração. Mesmo assim, por mais que machuque, ainda prefiro a verdade...Doce, ácida, azeda, sem sal; ainda prefiro ouvir palavras sinceras.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão duplamente. Viste a questão de dois pontos muito interessantes. É vero que há certa forma de dizer que, mesmo sendo repreensão, é tão branda que se torna facilmente receptível. Contudo, sendo dita com doçura ou nem tanto, a verdade é sempre melhor que a mentira ou a neutralidade. Foste muito bela no que disseste. Eu sorri quando li o ‘sem sal’. rs É vero! Mesmo sem sal, a verdade é sempre o melhor! Beijossssssssss

      Excluir
  9. A melhor, mais linda e pura verdade!
    Ler você dá um ventinho fresco e faz sorrir no coração.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é belo, quando a verdade é doce! O coração transborda de felicidade. Agradeço-te a doçura das palavras! Beijosssssssss

      Excluir
  10. A maioria dos meus amigos observou a postagem pelo ponto de vista de dizer-se a verdade com doçura.

    Foram abordagens muito interessantes e construtivas, pois há muito a tratar-se sobre esse tema.

    Contudo, o foco principal da mensagem é que há verdades em nossas vidas tão belas, tão doces, tão indescritíveis (como um grande amor, por exemplo) que fazem com que digamos para nós mesmos: ‘não acredito que isto é realmente meu’, ou ‘não acredito que isso está acontecendo comigo’.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devemos acreditar nas coisas boas que acontecem em nossas vidas e vivê-las da melhor forma possível, dando o melhor de nós mesmos.
      Beijos, boa quarta-feira!

      Excluir
    2. Certamente! Pois aquela ‘sensaçãozinha’ de ‘bom demais para ser verdade’ deve ser apenas uma ‘sensaçãozinha’, e enquanto isso é um doce prazer em nossa mente, nós de tudo fazemos e faremos para que o ‘bom demais para ser verdade’ se prolongue indefinidamente! Boa quarta a ti, menina do mar. Beijosssssssssss

      Excluir
  11. Concordo plenamente,há tantas coisas que quando acontecesse ou quando a vemos só pensamos,como é dificil acreditar que é de verdade e depois vem um segundo pensamento,que aquele momento não passe rapido.
    Bjj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isto! Desde minha adolescência, eu fui premiado com certa facilidade em relacionamentos. Por melhor que eu houvesse recebido de meus pais quanto ao caráter, é difícil negociares isto na adolescência. Então, eu não levava nada a sério. Contudo, no ensino médio, no dia do meu raro aniversário (nasci em 29/02), eu ganhei um beijo no rosto, de uma 'amiga', e ouvi de pertinho um ‘parabéns’... Estremeci! Nunca mais fui o mesmo. Doce demais para ser verdade! Agora, eu luto por me manter atento, porque na hora que eu sentir esse doce de novo, juro que tranco com todos os cadeados da terra, para que seja eterno. rs Beijosssssssss

      Excluir
  12. Quanta coisa nos acontece que realmente parecem sonhos de tão bom que foram ou são, a vida é cheia de momentos assim por isso eu digo feliz é aquele que percebe! Legal o que você disse logo acima ficar atento, momentos doces assim não devem ser perdidos e nem desperdiçados :)

    Beijinho grande *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz é aquele que percebe melhor a vida que passa e que passa com a vida os melhores momentos que ela possui. Tenho ficado atento, é verdade. Um grande amor vale por toda uma vida. Ele simplesmente não pode ser perdido, muito menos desperdiçado. Beijinhosssssssss grandes

      Excluir
  13. Se eu abrir os olhos mil vezes, se me beliscar mil vezes e a doçura ainda for verdade, então sonho e realidade serão a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  14. Sermos doces a nós mesmos é algo de que por vezes deixamos de fazer... E como se faz necessário sermos. É muito bonito sermos doces com o próximo, sabemos que assim deve ser, mas sermos doces a nos mesmos é indispensável para sermos com o outro. Vejo em suas palavras um mandamento: Amar ao próximo, como a ti mesmo.. reformulando... Ser doce ao próximo como a ti mesmo. A doçura consiste nas verdades que nos dizemos e acreditamos.

    Belíssimo e verdadeiro, amigo!! beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apreciei demais a paráfrase que fizeste deste mandamento. Que vivamos neste mundo como atendentes de balcão de lanchonete, adoçando sucos de todos, não será mal em si. Contudo está claro que atendentes de balcão de lanchonete também façam refeições, também lanchem! E quão paradoxal seria comer-se sem tempero, tomar-se o suco sem adoçar-se! Estás plena de razão. Adocemos ao próximo como a nós mesmos. Quem não se ama não saberá amar na proporção exata aquela a quem quer amar. E doçura consiste, como belamente disseste, amiga, em nos dizermos as verdades e em acreditarmos nelas! Beijosssssssssss

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.