Ganhei de todo mundo na geneiedade.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Encontro.















Duas almas 

32 comentários:

  1. Isso me lembrou de um texto que acho lindo... ele fala de almas gêmeas. Dizem que quando duas almas assim se encontram, ficam marcadas, tatuadas, para toda uma vida. Gosto de acreditar nesse tipo de amor, que tem esse toque meio mágico... talvez por ser romântica assumida, eu precise acreditar, hehehe! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há, de fato, uma vasta literatura sobre almas ‘gêmeas’. Penso que isso está ligado à identificação entre as pessoas: identificação quanto ao gosto, forma de ser, ideais, temperamento, caráter, físico. Então, quando isso acontece, é como se sempre houvéramos gostado daquela pessoa. É belo que gostes de acreditar em um amor como este. Deveras, ele existe, e penso ser a maior e melhor das formas de relacionamento. Se te sabes e te assumes romântica, almas ‘gêmeas’ para ti são mais que verdade São uma doce expectativa. Beijosssssss

      Excluir
  2. Bom dia Lucas.. como esta amigo.. eu vejo dois seres que se unem como frequencias.. um preciso do outro para elevar-se.. já pude ouvir algo sobre almas gêmeas e penso que é mais a questão de atração e é fato que se duas almas vibram tão alto passam a impressão de serem g~emeas sim.. abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande amigo, vou de melhor a melhor. Espero que também tu! Interessante teu pensar sobre frequências, pois também pareceu-me muito verdadeira esta outra forma de abordar tal identificação. É natural ao ser humano buscar algo melhor para seu viver, algo mais elevado; e, talvez aí, tenhamos uma boa resposta. Quando um homem e uma mulher tão atrativos e elevados se encontram, acontece como diria uma amiga mineira, a coisa freve! Grande abraço!

      Excluir
  3. Tem encontros que são assim inspiradores! Rapaz, saudades de você...espero que resolvas logo teu problema de leitura..rs Bjs e boa semana =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inspiradores, sim, decerto! E aí vem todo aquele mundo fantástico que acontece quando um está perto do outro! A vida é curta para duas pessoas que se amam. O mundo não é o bastante. Menina, também saudades de ti. Como o blogue ficou meio tartaruga, tive que entrar em cada um dos blogues que sigo, para ver se havia postagem nova e poder comentar! Imaginas o trabalho que estou tendo. Ocorre que o teu é o penúltimo blogue em minha lista! Mas... Achei-te! E escrevi... rs Boas semanas a ti! Beijossssssss

      Excluir
  4. Costumo dizer que ninguém é tao ''louco'' que não consiga encontrar outro ''louco'' que o entenda!
    Então deve ser isso... almas que se complementam e se completam pelo simples fato de estarem ligada por algo que vai muito além do que se vê! Um dia o amor chega pra todo mundo, um dia a outra metade da laranja tende a aparecer!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os ‘loucos’ (‘loucos’ mansinhos, é claro!) que se amam podem dizer certamente que há alguém que os entenda perfeitamente! Esse ‘estarem ligadas’ é chamado por tantos nomes! Almas gêmeas, química perfeita, empatia, metade da laranja, relacionamento mágico... Alguns simplificam e dizem que é simplesmente amor. E ele um dia chega, sim! E aí começa a melhor história dentro de tua história! Beijosssssss

      Excluir
  5. E o quão maravilhoso é você pensar que pode demorar o tempo que for mas aquela pessoa especial vai chegar e aquele momento vai se eternizar.
    Realmente lindo.
    Bjj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Pessoa especial’ foi uma expressão muito bela que usaste! Pois todos somos meros números para os governos. Somos ‘comuns’ para a maioria das pessoas. Somos ‘legais’ para um bom numero de gente. Somos ‘especiais’ para um número reduzido mas sincero de amigos. Mas somos a ‘pessoa especial’, o ‘um’, a ‘uma’ de uma só pessoa, que nos ‘curte’ mais do que tudo e todos. Isso é muito belo. Não vale a pena saber que esse pessoa especial existe? Beijosssssss

      Excluir
  6. Ah, que lindo! Serão almas gêmeas? haha
    Essa história tem um milhão de chances de dar certo, talvez sempre tenha sido certa!

    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como temos visto aqui, não sabemos qual seja a definição mais adequada. Mas tu podes bem imaginar duas pessoas que se conhecem e, em algum momento dessa fase de conhecimento, ambas pensam em seu silêncio: ‘que pessoa diferente’! ‘como essa pessoa é especial’! E sorriem sozinhas, disto que pensaram. E uma escreve o nome da outra num caderno, distraída. E, quando se dão conta, escreveram. Depois, reparam que querem muito que aquela pessoa chegue! Qual o nome disto? Tenho dito, economicamente: amor! Já foi dito: almas gêmeas, pessoa especial, dois louquinhos, metades da laranja, estalo mágico... Tu escolhes! rs Mas tens razão, essa história tem que dar certo, para justiça no mundo. Ela é o certo. Beijossssssss

      Excluir
  7. Lindo demais.
    Acredito que qdo há esse grande encontro tudo se torna melhor e mais bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso exatamente como tu. Foi extremamente belo que o tenhas chamado de ‘grande encontro’. Que expressão bela! Sabes quebra-cabeça?! O ‘grande encontro’ é como uma criancinha brincando de quebra-cabeça, ainda sem a visão adulta de peças que efetivamente podem se encaixar. Então, ela tenha peças que não se encaixa. Tenta a peça que se encaixa do lado errado. Está quase desistindo, quando... Acontece o grande encontro! É isso. Nós todos somos crianças precisando de um grande encontro em nosso quebra-cabeça do coração. Quem acertou a peça é a pessoa mais feliz do mundo!

      Excluir
  8. Perfeito...o melhor encontro é aquele que já estávamos esperando, aquele que nos preenche de tal forma que não desejamos ter outro.


    Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estás coberta de razão. Concordo plenamente contigo. E te digo: muitas vezes, não sabíamos racionalmente que esperávamos, mas algo nos faltava. A vida ganha todo novo significado, e o preenchimento dela é tal, que mil opções diversas não nos significam nada. É por isso que penso no ciúme como um sentimento desprovido de lógica. Quem tem os olhos numa única opção não precisa de vigilância. E quem não tem os olhos naquela única visão, todas as vigilâncias do mundo não o impedirão de errar. Beijossssssss

      Excluir
  9. será que esse "estalo" mágico existe mesmo ou só na ficção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito belo que o tenhas chamado de ‘estalo mágico’. ‘Estalo’ me lembra luz que acendeu. Lembra-me um choque que desperta. Um despertador que acorda com música nos ouvidos. Um frio na barriga, um arrepio, um medo de olhar e ser pego! O ‘magico’ me lembra de que, quando tu olhas para a pessoa, jurarias que ela está se ‘estalando’ também! Será isto ficção?! Ficção como ‘Guerra nas Estrelas’? Fizeste uma pergunta de retórica? Sabes a resposta? rs Ia passando um pensamento no ar, por aqui, e caiu na minha mente dizendo assim: ‘Quem experimentou não pode negar que seja verdade’! Não posso negar-te uma parte do estalo... Beijossssss

      Excluir
  10. É... e é por isso mesmo que brotam as afinidades, a vontade de estar e permanecer junto. :)))

    Boa tarde, Lucas! Grande Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei muito belo o verbo ‘brotar’. Na natureza, as flores brotam com uma aparência quase que de acaso. O vento é responsável por boa parte da ‘semeadura’ delas. Penso que assim são esses relacionamentos. Depois que eles brotam em nós, ficam enraizados, permanecem. É belo demais o verbo permanecer. Beijosssssss

      Excluir
  11. A vida é feita de encontros... E é muito bom que seja assim! :)

    Beijos,
    Tuany
    http://retalhoscotidiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero. Felizmente, a vida é feita de encontros. É muito bom que seja assim, porque surpresas não faltarão pelo caminho. E a surpresa melhor e mais especial de todas também. Infelizmente, a vida também é feita de desencontros. Isso é mau. Mas nos ensina a valorizar o encontro que tivemos. Beijosssssss

      Excluir
  12. Que bela postagem, Lucas. Com certeza o melhor encontro é aquele que a gente vê diante de nós a pessoa dos nossos sonhos. Há certos encontros que marcam a nossa vida positivamente. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveras, tens razão, o melhor encontro é ver refletido em nossos olhos e ouvir em nossos ouvidos o já sonhado em nosso coração. Às vezes, o encontro ainda não traz isso definido, traz a suspeita, traz uma certa inclinação favorável. Mas quando o conhecimento se confirma, é extremamente belo e prazeroso. Há encontros inesquecíveis. Beijosssssssss

      Excluir
  13. Boa tarde, Lucas! Estou de volta. Para esse seu pensamento, sugiro livros como o de Dr. Brian L. Weiss q diz assim: Para cada um de nós, existe uma pessoa especial. Muitas vezes, existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo para estarem conosco novamente. Podem parecer diferentes, mas nosso coração reconhece. 'Acredito nessa possibilidade', boa definição sua, sobre o assunto. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha cara, penso que tanto pode haver apenas uma pessoa especial na vida, como mais de uma. Não que venham de 'gerações diferentes', nem 'atravessem oceanos de tempo'. São simplesmente aquelas pessoas que nos encontram na vida e se identificam conosco pelo que esperam de alguém. O mesmo se dá conosco em relação a elas. Se percebermos, num primeiro encontro ou numa breve sequência deles, que estamos diante de tal pessoa, devemos dizer a ela o que sentimos. Que bom que voltaste bem. Bjussssss

      Excluir
  14. Perdoe-me, ainda assim penso como Dr, Brian, valeu pelo seu ponto de vista. ate.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sei que sim. Contudo, o Dr. Brian está equivocado porque desconhece muitos dos parâmetros. A bem da verdade, nem lhe seria possível saber 'quais' ou 'quantos' parâmetros existam. Mas, não quero divergir. Somos amigos. Bjussssss

      Excluir
  15. Ah que post lindo! Tão bom encontrar
    um amor tranquilo, que nos permite ser
    o melhor de nós, que nos aceite como somos,
    sem expectativas... que sabe que todo tempo
    é pouco para se conhecer!

    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem os sonhadores que encontrar tal amor é ultrapassar a expectativa de todos os melhores sonhos, porque uma realidade dessas vale mais que um milhão deles. A vida se torna curta, porque há tanto a se fazer do lado dessa pessoa... Tudo começa, é claro, em acha-la; mas só se completa se conseguimos conquista-la. Beijossssssss

      Excluir
  16. Rubem Alves diz que a beleza que nos deparamos e instantaneamente nos encantamos são belezas que algum dia nossas almas já apreciaram em outras dimensões... Tudo isto, antes de sermos quem somos, então quando nos deparamos com o que nos encanta sentimos um amor imediato, porque de certa forma já o conhecemos... Assim são aqueles que se apaixonam, como bem diz seu poema. Uma pequena historinha do Rubem ou não, nos conforta pensarmos que seja mesmo assim...
    Daí então leio seu poema e com este mesmo encantamento, me surpreendo com tamanha beleza.

    beijosss querido!

    ResponderExcluir
  17. Confesso-te que não é meu pensar o 'outras dimensões'. É poético, eu o sei. Mas eu penso muito que há o tempo presente, a vida presente. Drummond o citou em 'Mãos Dadas', disse: 'O presente é tão grande, não nos afastemos. / Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.' Contudo, entendo bem o que dizes. Como explicar que uma pessoa simplesmente é, para ti, diferente de todas as outras? É muito encantamento para tão pouco tempo. Contudo, tenho três teorias 'infalíveis'. rs Outra hora as conto a ti.
    Querida, chamas o que escrevo de poemas! É poema que os chames de poemas. Em definitivo, não sei escrever poemas. Sei alguma frase. E enfastia-me pensar que escrever poemas seja tão fácil, porque os escreves como quem abriu uma janela nova. A minha é empenada! rs Beijossssssssss querida

    ResponderExcluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.