Ganhei de todo mundo na geneiedade.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Solidão.














A solidão é um ser estranho que sutilmente te cerca, que te abraça, que te diz que todo mundo quer se separar de ti, e te separa de todo mundo, que te prende a quem não se prende a ti, que te impede de olhar para a frente mantendo-te olhando para trás... e que, acima de tudo, mata dentro de ti todo aquele teu eu iluminado, que tu vês em outras pessoas iluminadas, e que invejas, sem saber que tu serias como elas, se te dispusesses!
Lcc

20 comentários:

  1. Oiee!! Estou com insônia ...credo! Tomei stressdoron a tarde e faz-me efeito contrário, tenho q tomá-lo de manhã...rs. Tomo para ativar a memória...rs. Pois bem, A solidão é fera, a solidão devora.
    É amiga das horas prima irmã do tempo,
    E faz nossos relógios caminharem lentos,
    Causando um descompasso no meu coração... Q bom q estas de volta!! Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha cara, o stressdoron não lhe fez efeito contrário! Ele é justamente indicado na revitalização. Daí, tu o tomares com finalidades (tuas) de aguçamento de memória. Se tomado à tarde ou à noite terá como consequência previsível a ‘eletricidade’ que todos os insones detestam! rs Deveras, o que afirmaste sobre a solidão, com esse belo trecho de poema, eu o assino abaixo. Quanto à minha ‘volta’, estou ‘meio’ de volta. ‘Meio’ eu ficou lá não sei onde, trabalhando como um camelo domesticado. Beijosssssssss

      Excluir
  2. A música é bela de fato, e conseguiste tirar uma inspiração perfeita para traduzir o que seria solidão (ou solitudine). Acho que solidão também pode matar, se atingir um determinado nível alto dela. É triste a solidão... e redundante dizer isto. Boa noite, caro amigo. Fazes falta aos teus leitores com teus escritos. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, uma das variedades de solidão deveras pode matar: aquela de quem foi muitíssimo feliz, feliz demasiado, e sofreu a fatalidade da perda (perda, não abandono). O provérbio tem feito a má companhia ser a única coisa pior que a solidão. Mas o termo não é adequado. A única coisa pior mesmo que a solidão é a companhia indesejada. Noites belas a ti. Belas luas! Beijosssssssss

      Excluir
  3. oi Lucas

    Tanto a solidão qto a sdd, chegam de forma sorrateira e acaba invadindo.
    Não pedem licença, e chegam abalando.
    Duas sem educação rs...

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei sorrindo com teu comentário impagável! ‘Duas sem educação!’ rsrsrs Genial. Definição perfeita. Também acertaste em cheio em que chegam abalando, colocando todos os prédios da nossa vida abaixo, numa implosão formidável. Se não queres arriscar-te a essas sem educação, não ames. Mas aviso-te que, se não amares, não vives... rs Belos dias para ti!

      Excluir
  4. Esta solidão por vezes me faz bem...mas se for demasiada faz um mal danado!! =) Bjs Lucas, fico feliz de ver que já tem dois novos posts aqui... =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como diria a Bell, solidão é uma sem educação que não tem nenhum senso de medida ou consideração. Cuida-te dessa que te faz bem, porque o mal danado que ela pode te trazer está apenas dois passos além. Fico feliz de que tenhas ficado feliz. Beijosssssssss

      Excluir
  5. Disse tudo poeta, não precisamos da solidão como companheira,mas necessitamos fazer amizade com ela, transforma-la em solitude que sempre apraz o poeta.
    Meu carinho, Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belíssima imagem! Eu nunca houvera pensado em fazer amizade com ela. Sempre guardei até uma espingarda atrás da porta para o caso de ela aparecer. Entretanto, um dia, a amizade-passageira foi necessária. Só a deixei ficar o tempo em que aprendesse suas falas e truques. Depois, disse-lhe: ‘adeus, espero somente nos encontrarmos, agora, em poesias; caso não, olhe atrás da minha porta...’ rsrs Meu carinho

      Excluir
  6. Numa tentativa incansável de entender, é que já li e leio muito sobre solidão. Contos, poemas, textos em livros e mesmo em blogs diversos. Ainda assim, não lembro de já ter encontrado, em tão poucas palavras, uma definição tão real, tão próxima, tão cheia de verdade a respeito desse sentimento... E com que "autoridade" eu tô afirmando isso, talvez você se pergunte agora, e só o que posso te dizer meu "amigo de blog" é que conheço essa personagem de pertinho, bem pertinho, o que fez com que sentisse em mim a verdade das tuas palavras! Felicitar-te então pela sábia poesia é só o que me resta! Parabéns! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É demasiado gratificante saber que pude chegar tão ‘dentro’ da verdade desse que é um dos mais temíveis sentimentos da Humanidade. Claro, não é gratificante que tenhas juntado ‘autoridade’ para falar do assunto em vivencia-lo tanto. Mas... Se cheguei tão ‘dentro’, e se a frase escrita aponta um caminho e sugere um antídoto, então, conforta-me que certamente há possibilidades de ter-te feito um bem, ou direcionado a ele. E isso me fez bem. Gratíssimo. Beijossssssss

      Excluir
  7. Sempre com palavras lindas que nos fazem ver o melhor de nós.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre encantado com teu carinho. Sempre sorrindo com ele. Sempre tocado a buscar superação. Beijossssssssss

      Excluir
  8. Escolhi este post para agradecer por tuas graciosas palavras neste meu retorno. Obrigada, Lucas! No meu agradecimento, receba um abraço carinhoso. E que essa tal solidão ("tal" porque eu nem me lembro mais dela!) não assombre as nossas almas nem reduza o nosso gosto pela vida. És uma pessoa especial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quão oportuno é teres usado o verbo ‘assombrar’. Por paradoxal que seja, solidão muitas vezes é estar ‘em companhia’ de muitos fantasmas do passado. E talvez seja a solidão que mais ‘assombre’. Que essa ‘tal’ solidão desapareça com a luz de um novo dia.
      Leio-te há quatro anos, fielmente, mesmo depois que te afastas longamente. Tens um talento muito raro e um coração muito raro. Amas os valores reais da vida, como a família, a fé, o amor sincero, a felicidade das coisas conquistadas, a poesia... Então, a pessoa especial aqui és tu. recebo, sim, o abraço carinhoso, porque assim poderás saber com quanto carinho e reconhecimento te abraço. Beijossssssss

      Excluir
    2. Obrigada, caro amigo...! Escrevo porque essa é minha maior libertação; nas palavras, eu alivio dores, compartilho anseios, relembro momentos bons (por mais breves que sejam), divido momentos ruins (só em lançá-los ao vento, torno-me mais leve!). Faz assim, sempre que quiser usar alguma imagem do meu blog, sinta-se em casa! Abraço e um maravilhoso fim de semana para vc! :)

      Excluir
    3. Gratíssimo. Tua amizade é muito importante. Belos fins de semana a ti. Abraçossssss

      Excluir
  9. Para quebrar sentimentos assim é necessário amor ao universo, a si mesmo... Alegria à vida. É fácil dizer isso, pois um sentimento ruim é difícil de contornar, até que não passe o momento de melancolia.
    É ineficaz que eu te diga para não sentir solidão, pois não conheço seus pensamentos. Então, apenas um grande abraço.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não precisas dizer-me. Não que seja ineficaz, pois uma palavra tua é sempre transformadora para mim. Mas é que na verdade os sentimentos expressos aqui tais como solidão, tristeza, melancolia ou dor são, via de regra, manifestações artísticas. La bella arte. La bellissima poesia di vita. Justamente porque esse amor ao universo, à vida, às pessoas, às oportunidades contornam os obstáculos que sem dúvida a vida apresenta. Ainda assim, fico com o abraço e os beijos. rs Beijossssssssss

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.