Ganhei de todo mundo na geneiedade.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Sussurro.















No silêncio, teu coração sussurra. Sussurra um nome. Sussurra sonhos e promessas. Sussurra juras e confessa sentimentos! Não sei se o nome disso é vida, se é paixão, ou se é a paixão que dá sentido à vida. Mas sei que é extremamente belo. E sei que um coração nunca é tão coração como quando, no silêncio, ele sussurra.
Lcc

20 comentários:

  1. Lindo como sempre!

    Só o dono do coração e o próprio coração sabem quanta coisa pode caber alí dentro e como também é difícil sussurar em silêncio, quando a vontade é sair berrando aos quatro quantos o motivo que lhes dá sentido a vida.

    O coração engole tudo e vai transbordando em silêncios as ausências que a vida trás.

    Um beijão pra você!

    Thatá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindas palavras! O coração nos sussurra no silêncio o que gostaríamos de gritar. E então, educadinhos, dizemos à pessoa: ‘como vais? tudo bem? como é belo o que fizeste! tens muito talento... como vai tua vida? bom final de semana a ti...’ Quando, na verdade, gostaríamos demais de dizer: ‘sabes que és meu sol? não sabes, não é? ah! se tu soubesses!...’ Enquanto silenciamos e à nossa volta se faz silêncio, o coração não para de sussurrar um nome... rs Beijossssssss

      Excluir
  2. Lindo,intenso sussurro esse! abraços,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palavra preciosa, usaste! Intenso!... Pode haver algo mais doce num sussurro, que ele ser intenso? Abraçossssssss

      Excluir
  3. Que sensibilidade linda!!!
    Lucas vc está se superando, parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo a ti. Bondade tua que eu me supere, pois superar-me em sensibilidade é ser cada vez mais coração, cada vez mais profundamente coração – e não há o que qualquer pessoa que quer viver feliz mais deseje. Beijosssssssss

      Excluir
  4. Respostas
    1. Perfeito isto. Deveras, perfeito. rs Estar encantada a dona da uma casa dos encantamentos. rs Talvez eu seja um dos pássaros que pintas. rs Beijosssssssss

      Excluir
  5. Boa tarde Lucas.. são nos sussurros, quando o coração fala de mansinho que as melhores coisas ele emana.. feliz de nós que percebemos isso.. porém tantas são as pessoas perdidas em si mesmas que não dão o ar da graça de ouvir isso.. abraços amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero, amigo, é vero. Quem ouve o coração é deveras mais feliz. É nesse conversar que se produzem os mais profundos momentos de crescimento individual. E quando o coração se põe a falar de amor, é sempre bom ouvi-lo: seja para concordar, seja para dizer-lhe que procure ater-se não apenas ao sentimento, mas também às razões, ainda que o sentimento tenha maior peso. Abraçosssssssss

      Excluir
  6. E a gente segue falando aos sussurros o que temos vontade de gritar; calando a voz mesmo quando o olhar entrega, o corpo denuncia e o coração transborda o sentimento que seria ainda mais lindo se fizesse eco no outro coração. Ai ai...

    Belo post como sempre, moço!! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em outras postagens, falei do sorriso que entrega sentimentos, do olhar que entrega... Porque nosso corpo não consegue ater-se aos cuidados da mente. Sabiamente, nosso coração sussurra: seja sobre um nome, um olhar, uma voz... Aí, como dizes sabiamente, ficamos nos perguntando se o mais belo não estaria acontecendo, e se o outro coração também não estivesse falando aos sussurros... Isso gera taquicardia. Beijosssssssss

      Excluir
  7. Que lindo, que lindo, que lindo!
    Um pensamento sutil e tão profundo...
    Por um coração que sussurre mais, sussurre sempre, acalentando todos os bons sentimentos.

    "Eu quero guardar teu beijo
    Na concha das mãos
    Teu cheiro eu levo feito mancha na roupa
    Que eu nao lavo não

    Sou alvo pros teus olhos claros parecidos
    Com essa estação
    E adoro os efeitos sonoros de quando você sussurra
    Absurdos no ouvido do meu coração" ♪
    Me lembrei dessa música.. haha

    Mil beijos, Luc.
    Um bom dia, uma ótima terça-feira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, que sussurre mais, e que sussurre sempre. E que duas pessoas aprendam a comunicar-se uma com a outra, no mesmo compasso e no mesmo volume secreto e delicado de seus corações.
      A música se encaixa como uma luva. Fizeste muito bem em a trazeres. A música e o poema sempre se casam para falar de algo que é belo. Mil beijossssssss. Perfeitos dias a ti.

      Excluir
  8. Sussurro, silêncios, sibilos, coração... para mim essas coisas deveriam todas serem/ser sinônimos uma das outras. Enfim, teu texto é belo. E puro. Quando ouvimos os sibilos do nosso coração podemos os entender como um caminho pelo qual podemos seguir. Se pela paixão, se pelo amor, se pelos dois. Mas os sussurros do coração são tão silenciosos que só nós quem os escutamos. Escutamos o silêncio. Que belo... Beijos e boa madrugada a ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguir os caminhos do coração são a garantia, ao menos, de não termos do que nos queixar, caso cheguemos a um beco sem saída. Mesmo que a razão diga: ‘eu avisei, eu avisei!’ - como ela sempre faz, ao menos teremos arriscado em busca do que melhor nos faria. É vero, somente nós escutamos nossos silêncios... – a não ser que olhemos para alguém! Neste caso, a pessoa a quem amamos interpetra tudo o que nossos olhos dizem, por ‘leitura labial do olhar’... rs Beijosssssssss

      Excluir
  9. Eu acho que são os sentimentos que dão sentido para vida. A essência humana se perde quando não há esses sussurros pulsando no lado esquerdo do peito. Sendo paixão ou qualquer outro sentimento de tal magnitude, com certeza, será belo. Beijinhos (mega) estalados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E-x-a-t-a-m-e-n-t-e! Deveras, o âmago da coisa, l'essenza, o 'tudo', o inescapável é o sentido da vida. Os sussurros do coração são simplesmente isso! Concordo contigo em gênero, número e grau! Beijinhossssssssss mega estalados rs

      Excluir
  10. Uma vez li que quando os corações estão perto, somente o sussurrar ou até os olhares já são suficientes para a comunicação entre os amantes.

    Quando os corações se afastam, é necessário gritar.

    Desejo que os corações de todos da humanidade estejam sempre próximos, ou que mesmo que não estejam, saibamos sussurrar na tentativa de reaproxima-los.

    Mais amor no mundo.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É belo e verdadeiro o que leste! Essa comunicação está em tudo, no modo de olhar, na forma de respirar, no morder os lábios... E novamente é verdadeiro que, quando há o afastamento, o coração grita, e quase a boca grita junto. Tem que haver muito domínio próprio para não gritar.
      O mundo, deveras, precisa de amor, precisa do nosso amor, precisa de todos amor que possa florescer. E cada um de nós precisa demais desse amor! Beijossssssssssssssssss querida

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.