Ganhei de todo mundo na geneiedade.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Jardim...














Terei eu me plantado, humilde arbusto, 

36 comentários:

  1. Pintaste cada palavra com tonalidades tão bem arranjadas que não li ainda nada mais colorido! Que jardim belo de flores tão coloridas, tu cuidas! Certamente és agradecido por isso. Agradecido também por cada sorriso em que o amor simbolizou. Se teu coração escolheu um sorriso para que te abrigues nele, permaneças lá (ou aí ou ali) e retribuas um mesmo sorriso sempre que teu coração, de amor, transbordar! Que seja um sonho teu realizado ou a realizar-se. O escrito está maravilhoso! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidar de um determinado jardim é privilégio único de um só jardineiro! A menos que ele não saiba, queira ou possa. E o jardineiro pode 'pintar' muitas cores nele. Fui deveras agradecido, e hoje sou deveras consolado. A vantagem de, como disseste tão belamente, nós nos abrigarmos num sorriso é a de que teremos um sol, uma lua e diversas estrelas particulares! rs Não sei se permaneço no sorriso, mas ele permanece em mim! Gratíssimo por tuas carinhosas palavras! Beijossssssss

      Excluir
  2. Beleza de amor esse! Lindo amor tão bem declarado nas cores de um jardim! abraços,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo! Por vezes, ser humilde arbusto é bom, se conseguirmos falar das flores! Abraçosssssss

      Excluir
  3. Que lindo Lucas, qto amor em seus versos.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito... Muito... Duzentos litros de saudade para diluir cada gota de amor. Mas, eu sei, já é hora do recomeço! Gratíssimo! Beijokassssssss

      Excluir
  4. Como é bom voltar no blog e ser recebida com um texto desse!! Cheguei cinzenta e saí com a minha noite mais colorida! Maravilhoso! Você consegue plantas inúmeros sorrisos por meio da escrita e eu só tenho a agradecer!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é bom voltares, ainda que 'encinzecida', rs. As cores do amor nutrem de alegria e felicidade especialmente os corações que amam e desejam ser amados! Plantar sorrisos é mostrar que a felicidade é possível. Plantar amor é provar que, mais que possível, a felicidade se constrói já a partir do nosso exercício de amar. És sempre, sempre bem vinda, tu sabes! Beijossssssss

      Excluir
    2. Não deixa de escrever! Beijossssssss

      Excluir
  5. Lindo poema, belíssima declaração. Estava passando para conhecer seu blog e já segui-lo, parabéns escreves muito bem!

    Abraço.

    http://lillyneves.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo. Não sou bom escritor de poemas, e se às vezes o coração acha o caminho de um texto que fala algo melhor, é pura consequência do sentimento que nele habita. Far-te-ei uma visita também. Abraçosssssssss

      Excluir
  6. Inteligente pergunta em forma de metáfora!
    Você escreve muito bem e de forma diversificada.
    Lindo esse "seu" amor! Parabéns pelo conteúdo de seu blog.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a pergunta é uma metáfora de um coração arbusto para um sorriso jardim, rs. Gratíssimo a ti. Eu procuro diversificar, embora ultimamente esse tema esteja sendo recorrente. É por causa da época do ano, certamente. O amor não é belo?! rs Gracie!!! Abraçossssssssss

      Excluir
  7. Quanto amor em um texto, a forma que escreve é de se encantar! Lucas, Parabéns pelo dom que você possui, que seu jardim da vida, seja sempre colorido e com significantes amores.

    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Transbordou de amor, não é? rs Sou-te grato pelo carinho. Encantar será mais bondade tua que virtude minha. Mas cantar é minha grande aspiração. Cantar a vida. Sim, deveras, que meu jardim da vida seja mesmo colorido! Contudo, um só amor será o mais significante de tudo! rs Abraçosssssss

      Excluir
  8. Quando o amor está envolvido, tudo fica mais belo. A sua postagem é um exemplo disso. Belíssimo! Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero! O amor semeia pensamentos de plenitude em nossas mentes. Contudo, não hei de ser o melhor exemplo disto. Quando olho para o que escreves, lisonjeia-me teu comentário tão generoso. Mille grazie!! Beijinhossssssss

      Excluir
  9. Inspiração é o que não falta pra você em suas belissimas palavras.Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já imaginaste se a tão sublime inspiração eu pudesse acrescer talento?! rs Infelizmente, não sou poeta, mas a inspiração tem batido em minha porta errada e produzido, ela sozinha, alguns momentos de reflexão! Gratíssimo a ti. Bem sugestivo o nome de teu blogue. Procurarei visitar-te! Abraçosssssss

      Excluir
  10. Logo nas primeiras palavras já abro o sorriso ao te ler!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, isto, porque teu sorriso aberto é belo. Quiçá o mantivesses na continuidade da leitura, o que bem faria à minha humilde imaginação! rs Beijossssssssss

      Excluir
  11. Depois que semeamos em terrenos de corações alheios...pronto! Difícil de apagar as marcas.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero! Todos ficam marcados. Nós. Os terrenos. Os alheios. Cada qual com a marca que lhe é atribuída: 1. Quem semeou, com a ignomínia contra a qual se tem que lutar às vezes pela vida inteira; 2. O terreno, com a marca da fraqueza e do caráter não confiável; 3. O alheio, como ódio característico. Mas o aprendizado da vida pode mudar ou contornar isso! Beijossssssss

      Excluir
  12. Voltando...
    :)
    Falei sobre algo parecido, sem sequer supor desta postagem sua. Obrigada por tudo, tá?
    Lindas as suas palavras...
    Um abraço com meu carinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, teu retorno. É sempre como uma boa estação que chega! Certamente, em minha primeira oportunidade irei ver teu texto! Não agradeças, não digo nada além ou aquém da verdade quando me refiro a teus textos e teu talento raro. Tens meu carinho, admiração e eterna amizade. Abraçosssssss

      Excluir
  13. Te indiquei para participar da tag do meu blog convivenciacomcristo.blogspot.com.br Super beijos, e fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Vou lá ver o mais rápido possível! Quem sabe eu possa participar sem dar vexame! Deveras! Beijossssssss

      Excluir
  14. Respostas
    1. A ternura é essa virtude tão necessária no adoçar a vida, as palavras, os atos. Quem dera ela transbordasse de minhas palavras, sempre. Como, por exemplo, transborda tão belamente nas entrelinhas de teus textos. Beijinhossssssss

      Excluir
  15. Olá.
    Um belo poema. O nascer de uma paixão e quem sabe amor?
    Seguindo o blog com todo carinho *-*.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paixão e quem sabe amor... Amor e quem sabe paixão... Talvez seja somente um sonho, e o sonho quem sabe não leve a mais que sonhar somente. rs Mas, confesso ser apenas um escrito. Não é um sentimento, uma realidade que eu saiba, a não ser que esteja amando de coração e nem minha razão o sabe ainda... rs Se me seguires com carinho, com muito carinho, estaremos rigorosa e absolutamente empatados. Beijossssssssss

      Excluir
  16. O amor,
    inesgotável fonte de ansiedade
    beleza agonia desejo,

    é realmente mágico
    e belo nas tuas palavras.

    beijos

    Be

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratíssimo, poetiza. Que essa fonte deveras, se mostre inesgotável, porque o amor merece ser dito todos os dias, sentido todas as horas, precioso todos os minutos, retribuído todos os segundos, a cada momento de uma vida a dois. Beijossssssssssss

      Excluir
  17. Que lindo Lucas! Como é bom saber que o amor ainda é capaz de fazer nascer um jardim em um coração e florescer uma pintura tão bela em um ser. O que escreveste me encantou das primeiras palavras às últimas. Saiba que teu arbusto pode sim criar raízes tão profundas quanto a dimensão da beleza do jardim que vive em ti. O sentimento nasce de varias formas, para uns um arbusto, em outros um jardim, uma cachoeira, um sol, mas em todos, amor.
    Um terno abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li teu comentário com um sentimento muito forte de recompensa em meu interior! Como me senti recompensado! Porque foste até o fundo de minha própria alma, daquilo que, para além do que eu escrevi, foi a própria fonte de inspiração, e a decifraste com as palavras exatas, com os significados mais perfeitos que eu poderia imaginar. O arbusto pode, sim(!), criar raízes, conquanto arbusto, conquanto singelo e sem brilho! Porque sendo arbusto, ou sol, ou cachoeira, o que lhe importa é ser amor! Perfeito. Perfeito. Bellissimo. Molto bello! Minha admiração por ti! És bela. Abraçosssssssss

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.