Ganhei de todo mundo na geneiedade.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Entre curvas...









A estrada da vida 

30 comentários:

  1. Tu elaboraste um pensamento precioso! Tu fazes ótimas e reais comparações da vida de fora com a nossa de dentro como ninguém! O passado é o que desceu de nós e o futuro está muito acima da nossa cabeça, da nossa compreensão precisa. Então quando olhamos o que se foi caminhamos contra o curso da vida junto do que já passamos, e se tentamos compreender o futuro a ansiedade pode tomar de conta, justamente por nossa compreensão não dar conta. Perfeito teu texto! Admirável...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, Jéssica! A expectação é como uma essência - uma pequena gota é suficiente para uma considerável solução. Um pouco de reflexão sobre o passado vale, é uma medida justa; da mesma forma, um pouco de consideração sobre o futuro. Mas, não mais que isso. Pois nossas mãos só constroem o presente, e elas precisam estar livres para isto. Sabemos que há algo para além das curvas! Mas estamos aqui e agora, entre estas duas curvas. Olhemos a estrada! Beijossssssssss

      Excluir
  2. Beleza de reflexão fizeste !Adorei.Bem verdade:temos que bem viver nesse espaço que vemos...abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Drummond disse: 'o presente é tão grande, não nos afastemos...' Decerto, haverá um momento num dia de caminhada, em que nos assentemos e reflitamos. Mas, nos outros momentos, ou seja, enquanto caminhamos, ou olhamos para onde estamos, ou capotamos na curva! Abraçossssssss

      Excluir
  3. Ai moço... E tudo o que eu queria nesse momento era um caminho reto, certo! Todavia, como sempre, tu me chegas com oportunas e belas reflexões!! Obrigada!!
    Beijos e feliz semana pra ti!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, o problema não é justamente este?! A vida faz curvas. É para o nosso bem! O passado não fica morto. Os planos para o futuro não deixam de existir. Apenas nos concentramos MAIS no presente. Aí vimos nós, desencurvamos as curvas, despassadamos e presenciamos os passados... Resultado: já não sabemos onde viver, o que sentir... Compreende?! O caminho reto não te faria ser feliz. Em linhas eternamente retas, ninguém mata saudade, porque saudade não morre. Mas, nós morremos... Segue a sinalização, por favor! rsrsr Beijossssssssss

      Excluir
  4. Respostas
    1. Gratíssimo, Rose! Uma semana belíssima para ti! Beijossssssssss

      Excluir
  5. Adorei a analogia que ti fizeste. As curvas da vida são para nos lembrar que precisamos estar atentos no momento chamado presente. Um ótimo fim de semana para você. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Aline! Tudo se resume ao verbo atentar, estar atendo. O texto não fala de matar passado, anular futuro, tirar a importância deles, nada disso. Fala que a curva existe para eu não ficar INDEFINIDAMENTE olhando o passado ou DEMASIADAMENTE ligado ao futuro. Sabe aquela pessoa que passa um namoro inteiro lembrando de um amor do passado e aí, quando o namoro atual acaba, ela esquece daquele amor do passado e passa o tempo todo chorando a perda desse?! Este é o problema! Sabe a pessoa que sonha a vids inteira em ir para Paris e gasta todo o dinheiro que entra com coisa supérflua, por não se ligar no presente? Este é o problema! A chave de tudo é o qie fazemos do hoje! Beijinhossssssss

      Excluir
  6. Definir a vida não como uma estrada reta, mas com curvas (duas: passado e futuro) é, sem dúvida, a melhor maneira de traçar o quão importante é nos darmos conta dos nossos passos, do nosso presente. Não há como seguir sem se buscar um rumo... Nem como esquecer o caminho percorrido. Mas a próxima curva é logo ali... E ficar parado ou sem apreciar a paisagem, definitivamente é deixar a vida passar... Sem que a gente passe por ela.

    Sempre há tempo para perceber isso...

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stephen Crane escreveu o poema 'Eu vi um homem perseguindo o horizonte...' O poema diz isto: "Eu vi um homem perseguindo o horizonte / dias e dias eles giravam!... / Aquilo me perturbou! / Eu lhe disse: 'Ei! Tu não podes / tu nunca conseguirás'.. / 'Tu mentes!', ele me respondeu / e continuou perseguindo..."
      Deveras, estas coberta de razão! A vida não é vida sem rumo, nem o passado feliz jamais pode ser desconsiderado (o infeliz, pode e deve!). Mas eu não posso fazer deles um horizonte e passar a vida perseguindo-os. É loucura! Jamais os alcançarei! Eles é que vão comigo, não eu que vou com eles! Meus passos fazem meu caminho, e não devo dar isso às estações, aos dias, às memórias, às coisas ou às pessoas. Mesmo que as ame. Principalmente se as amo. É isto que a vida me ensinou. Sempre pode haver um despertar! rsrsr Abraçosssssssssss

      Excluir
  7. Esquecer o que passou, focar no presente, esperar calmante o futuro. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elen, gostei demaid da síntese! Muito bela! Por isso és frasista! rsrsr Perdoa-me, eu apenas diria 'guardar o que passou', em lugar de 'esquecer'. Beijosssssssssssss

      Excluir
  8. Perece-me que peguei a curva certa quando vi o seu nome no meu caminho e vim por aqui observar a poesia de seus escritos... Bela reflexão, caiu como uma luva no meu domingo!
    Ah, e volte aqui, quer dizer, lá... Fiquei curiosa com essa história de Epitacio e Tambaú. Ignorância é não me contar mais sobre isso! Haha bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Indd, pegaste a curva certa! rsrsr Agora, não aceleres, por favor. Aproveita a paisagem. Verifica que há uma placa avisando que há mais curvas à frente. Então, quarenta por hora. Bom ter-te dado essa luva para os sentimentos num belo domingo! Que bom!
      Não será bom eu voltar lá, porque tu és como meu aniversário de 29/02! Tu só apareces uma vez a cada quatro anos naquele blogue!
      Epitácio e Tambaú (a bem da a verdade, Tambauzinho) são apenas uma expressão do meu eu lírico!
      Beijosssssşssssssss pequena

      Excluir
  9. D+
    Lucas oi... bom texto, gostei de ler valeu apena até a galinha...
    abrçs Mano

    DE LA VÉRITÉ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão, tudo bem?! Gostei da expressão! rs Gratíssimo. Excelente o seu blogue. Recomendo!!! Um grande abraço!

      Excluir
  10. Sdd de vc sumido rs...
    Adorei a reflexão, mas acredito que muitas vezes ficamos olhando para o passado, e o presente passando...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sumido, sol?! Tu és quem não me vês! Uma ou outra vez que falho, é que postas todos os dias, e não me é possível comentar sempre. Mas leio todas as tuas postagens.
      Que bom que gostaste da reflexão! Mas, se vires bem, nós concordamos. Gostei deveras de tua expressão. É exatamente isso: se ficarmos olhando para o passado (ou namorando) o futuro, o presente vai passando. Beijossssssssssssss

      Excluir
  11. Que linda descrição da vida!! Como é bom se atentar à paisagem que nos rodeia. Afinal passado é passado, é pra frente que se anda, que se ama, que se cresce. Com ele se aprende, é claro, mas não podemos perder a vista tentando ver o que ficou atrás da última curva. E quanto ao futuro, ele ainda não nos pertence, não adianta perder a calma. O que temos pra hoje é o agora, e a gente precisa aprender admira-lo enquanto ainda há tempo.
    Um grande abraço !!
    É sempre bom lê-lo! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu disseste com perfeição! Eu diria que há três verbos correspondentes: 1. Passado = aprender; 2. Presente = viver; e 3. Futuro = preparar. Viver intensamente o hoje não deixa de abrir algum espaço para o que aprendemos com o passado e o que estamos preparando para o futuro. Isto é a vida que se desenvolve e cresce dentro de nós, e que, através de nós, abençoa pessoas pelo caminho. Gratíssimo a ti. É sempre, sempre bom ler-te! Tu escreves do coração! Abraçosssssssssss

      Excluir
  12. Completamente verdade! Sem palavras! Adorei :)
    r: Ohh muito, muito obrigada, fiquei super lisonjeada, não sabia nem imaginava que gostava tanto de me ler! :)
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É belo, teres gostado. Penso, ccono tu, que essa é uma das verdsdes completas da vida. Ou, um dos preceitos dela, para que sejamos felizes.
      Deveras! Gosto sim, muito, de ler-te. Tens brilho! E muita naturalidade!
      Beijinhossssssss

      Excluir
  13. Ganhe dinheiro com seu blog trabalhando no conforto do seu lar. Você faz seu horário. Cadastre-se grátis!!! Não precisa indicar ninguém para ganhar. Você ganha com seu trabalho! Mesmo trabalho que foi feito com o SuperParceria. Saiba como em:
    www.homemoney.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alinne, embora não tenhas comentado uma vírgula do que escrevi, foi muito razoável teres vindo me convidar para eu ganhar dinheiro sem sair de casa! Parece-me um negócio da China! Meus olhos arregalaram-se que pareciam duas cerejas verde-clarinhas! Trabalho fácil, ganho altíssimo... Tudo que pedi aos céus! Vou me inscrever e começar a ganhar essa fortuna, porque eu tenho dois trabalhos e meio que me esgotam e eu ganho uma migalhinha...
      Beijossssssss minha fada madrinha!

      Excluir
    2. rsrsrsrsrs Boa retórica da moça! O blog Overture está ganhando asas! rs

      Excluir
    3. Mas, não é, Jéssica?! E ainda dizem que o país está em crise, com a fortuna procurando as pessoas dentro de casa! Ela já me convenceu! Vou enricar! Que te parece?! Aceitas uma viagem com um amigo para Israel?! Beijosssssssss

      Excluir
    4. Se eu enricar, vou contratar um detetive particular para saber teu nome, M.R.A.!

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.