Ganhei de todo mundo na geneiedade.

domingo, 17 de abril de 2016

Resposta...














Secretamente apaixonado por certa moça, um rapaz pobre lhe pergunta com todo disfarce do mundo:
 – Se tivesses que escolher entre um eterno amor e uma bela casa, que escolherias?!...
 – Decerto que o amor, não há qualquer dúvida! – ela lhe responde! E conclui: – ... E todos os dias acordaríamos juntinhos em nosso quarto de frente para um vasto jardim... à tardinha mergulharíamos em nossa piscina apaixonadinhos... e à noite, sentaríamos na varanda de nossa sala de frente para o mar, e trocaríamos eternas juras de amor!...
Lcc

30 comentários:

  1. rsssssssssssss.... Seria esse um grande amor apenas?rs abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveras, Chica!!! (risos)
      Seria este um apenas grande e desinteressado amor?! A moça diz que sim! O rapaz é pobre... Não sei como fica... (risos) Abraçõessssssssssssss

      Excluir
  2. Adorei a foto que escolheste. Fotos como essas me fazem sonhar em viajar o mundo!
    Acredito que toda moça apaixonada escolheria o amor para sua vida inteira, e depois o casal construiria o que parecesse melhor aos dois.
    Seria um amor muito belo! Jardim, mar, varanda dariam toques muito especiais à relação.

    Belo!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deves viajar! É belíssimo! Quero dizer, imagino que seja...
      O que acreditas é o ideal, é o belo, é a essência do amor! Deveras! Molto bello. Ma... O que a moça quis dizer talvez não seja construir o que pareça melhor aos dois... (risos) Havia necessidade de uma escolha, ao menos uma priorização, na resposta. Ela bem que tentou dar, mas...
      Beijosssssssssssss

      Excluir
  3. Essa foi boa, rs. Ama, mas... É bonito responder amor. Porém, na prática, na prática mesmo, há outros interesses bem maiores. Pobre do amor. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Amar, mas...' é o símbolo de todos os indecisos, de todos os ressabiados, de todos os indolentes, de todos os candidatos ao egoísmo... e também o de todos os que não amam... o oposto dele é o 'Amar mais!', porque esta é a expressão do amor que se renova a cada dia!
      Beijinhosssssssssss

      Excluir
    2. Eu acho que tu conseguiste sintetizar perfeitamente o "amar, mas". Quem que diz que ama e tem um MAS, no meu ponto de vista não ama. Obrigada pela sua visita, querido. Beijinhos.

      Excluir
    3. Sim, também penso que há boa chance disso, embora haja outras possibilidades a considerar.
      Visitar-te é das coisas mais agradáveis que alguém pode fazer. Mas é, para mim, especialmente agradável numa noite, manhã ou tarde chuvosa, tomando chã de abacaxi com hortelã! Não sei qual a razão, mas sei que assim é. Um dia talvez tomes chá numa tarde assim, e aí me decifrarás o enigma... (risos)
      Beijossssssssssssss

      Excluir
  4. rsrsrsrs A verdade é que esse pobre rapaz pobre a ama pura e desinteressadamente, pela pergunta que lhe faz. Tudo fará por seu amor. Já penso nele trabalhando até tarde atrás dessa casa. Você me lembrou de que amo um rapaz que é o mais lindo do mundo e casaria com ele se fosse o mais pobre do mundo também. Ele é tão rico de tudo que o aspecto financeiro não mudaria minha resposta. Bastaria uma casa de frente para o mar... rsrsrsrsrs
    Beijo, beijo, beijo
    Bellinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È vero! Tu sai bene! Deveras, quem ama tudo fará por seu amor. E não há forma de amar menor que amar! Conheço um ragazzo, grande amigo, que trabalha até tarde por sua amada. Mas, ele diz, 'é pela moça mais bela do mundo!' Eu digo a ele: 'deveras!' Penso que, se tu achaste um rico em toda forma de ser, decerto vale menos que seja rico em toda forma de poder. (Conquanto ajude, certamente!) Se queres uma casa de frente para o mar, estás coberta de razão, pela beleza de amanheceres, entardeceres, anoiteceres e madrugares que isso representa. Pobre rapaz pobre que te ama... Tudo há de fazer por isso!
      Beijosssssssssssssss sol

      Excluir
  5. O amor claro! Mas... Coitada dessa moça não sabe que amor com condições (superficiais) nunca é feliz por completo, pois sempre haverá algo mais a completar.
    Abraços meu querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveras. Nada menor que o amor pode usurpar-lhe o trono de nosso coração. Concordo plenamente contigo! Pobre moça, de fato. O amor precisa buscar a sustentação de suas raízes nos leitos profundos dos rios do nosso coração. Nada menos que o que nos arrebata de nós mesmo e de nossas superficialidades será considerado amor. Tuas palavras sempre tocam! Abraçosssssssssssssss querida

      Excluir
  6. O amor e seus encantos, o amor e sua magia.

    Lindo post!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo! Molto bello! É o encanto, é a magia do amor que vale tudo o que vivemos, tudo o que nos propomos a viver, a ser, a fazer, a trazer à existência. Amar é dar a vida ao melhor que há em nós, aos nossos melhores, mais belos e maiores castelos! Nada menos que amar nos fará sentir aquela química de felicidade por dentro, vazando pelos nossos olhos, pelo nosso sorriso. É muito belo o que disseste. Saudade de tuas crônicas! Beijossssssssssssss

      Excluir
  7. Òtima reflexão, por vezes falamos a verdade por entrelinhas...rsrs

    Excelente página, mesmo sem tempo.

    Carinho, Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero! (risos) Por vezes, percebendo, e por vezes num ato falho, sem perceber! Gratíssimo a ti. Bom te receber. Muito bom.
      Carinho,Luc

      Excluir
  8. Olá Lucas
    O verdadeiro amor é sublime. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo plenamente contigo. Sublime, indescritível, inefável, inolvidável. Abraçosssssssssssssssss

      Excluir
  9. Que lindo, os bens materiais não são eternos.
    Obrigada pelo carinho de sempre viu?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, os bens materiais definitivamente não são eternos. Ajudam-nos muito, mas não devem ser a referência de nossa vida! Sou eu quem te agradece pelas belíssimas mensagens de sempre! Beijosssssssssssssssssss

      Excluir
  10. O amor que se torna também casa onde morar.
    Lindo!
    E obrigada pelos comentários a respeito do meu canal, acompanhe quando puder, o que já me deixa feliz.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, decerto é a melhor das casas. Contudo, a praticidade de alguns homens e mulheres os tem feito optar por uma casa com três suítes, cozinha, jantar, lavabo, hall, varanda, garagem para três carros, jardim de inverno e às vezes piscina... Só para ‘completar’ a felicidade. (risdos) Não os julgo. Amor e conforto não chegam a se contradizer, conquanto amar seja o essencial. Certamente, procurarei acompanhar!
      Abraçossssssssssss

      Excluir
  11. Somos nós que construimos nossa bela casa, e nossa bela vida. Nós temos a opção, desejar e cuidar de ter um amor puro, e eterno. Somos seres que clamam por esse encontro.

    Um dia ele acontece. Para cada um seu momento, enquanto isso.. vamos construindo nossos castelos para hospedar e anfitriar esse amor tão belo que um dia chega.

    Lucas, agora sim, aproveito a oportunidade de lhe agradecer os incríveis e cativantes comentários que deixas sempre no meu blog.

    Senti seu abraço através das palavras e venho retribui-lo.

    Que incrível! Que Deus lhe abençoe sempre. E que voce continue inspirando tantas e tantas pessoas.

    Beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem verdade que todo ser humano, a princípio, clama por um encontro de felicidade. E mais, também é verdade que somos nós que escolhemos qual será esse encontro! O que torna a felicidade uma questão absolutamente nossa, de nossa inteira responsabilidade. Se pudermos construir, em quaisquer dos sentidos, uma casa para esse encontro e esse amor, tanto melhor! É vero.
      Quanto aos meus comentários, sinto-me muito bem no teu blogue. Penso que tu vês isto e sabes. Fico feliz em receber teu abraço, até porque de fato tens razão quando te sentes abraçada.
      Que tu sejas sempre feliz e abençoada!
      Beijossssssssssssssssss, menina

      Excluir
    2. Agradecida sempre Lucas.
      Me sinto super a vontade tambem em seu/nosso blog.
      As portas estão sempre abertas e da janela entra aquele vento fresco que movimenta os cabelos e traz um frescor a alma.
      :*

      Excluir
    3. Fizeste a definição correta dos blogues. (sorriso) Um blogue é a casa de um(a) amigo(a), uma alma gêmea, um alter ego. Um blogue é uma varanda de frente para o campo, onde duas pessoas em cadeiras de balanço conversam sobre a vida!
      Sim, tem o vento fresco, tem o frescor da alma!
      Beijosssssssssssssssss

      Excluir
  12. "O amor é base.
    E estruturas sem bases, cedem com o tempo".

    Mais uma vez, adorei a ideologia da mensagem.
    beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito! O amor é esta rocha que sorri do tempo e das intempéries, porque tem um compromisso com a eternidade. Então, toda construção de reciprocidade lançada sobre ele, tem um fator poderosíssimo sobre que se assentar.
      Gosto quando tu gostas.
      Beijosssssssssssssss

      Excluir
  13. Olá Lucas
    Voltando aqui para agradecer pela indicação da música volta de Leonardo Gonçalves, é linda, eu não conhecia. Desejo um belo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Lucinalva!
      Eu esperava que gostasses, porque ela é muito bela! Se eu não fosse uma ovelhinha desgarrada, decerto eu a cantaria publicamente. Tomara que um dia...
      Um dia pleno a ti. Sê feliz!
      Abraçossssssssssss

      Excluir

A princípio, responderei a seu comentário, pois considero isso uma parte muito agradável da postagem.